[3. 9c] UMA NOVA DIMENSÃO II.

26/09/2003.

COLOSSENSES. UMA NOVA DIMENSÃO II.

 "Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas"   (Cl 3.  9 - NVI).

            A Bíblia fala muito sobre a sinceridade. Mas afinal, qual é seu real poder, e como ela pode ser usada na Igreja, por nós Cristãos? Será que existe outra coisa que seja mais importante do que ela, que possa a substituir? Se você acha que sim, está redondamente enganado, pois não há! A verdade (ou sinceridade, como queira) é a essência do avivamento, e como nós sabemos, só pode ser produzido por Deus. Mas essa é a única contribuição que podemos dar quando o assunto é avivamento. Não generalizando, essa porcaria religiosa que temos vendido como salvação em Cristo, não passa de invenção de homens. Deus tem cobrado da sua igreja, um posicionamento global, quer dizer, resultado para todas as nações. Deveríamos tirar de nosso ensino doutrinário a Palavra LOCAL, pois Deus não criou a igreja para ter resultados LOCAIS, ou estou enganado? Não é o Senhor que nos tem colocado por cabeça das nações? Falta muito de nós para Deus revelar seu verdadeiro poder em Sua Santa congregação. Analise estas palavras e reflita em sua profundidade:

                                 "Pela benção dos sinceros se exalta a cidade..." (Pv 11. 11a ).

            Justiça ou sinceridade? Não interessa, ninguém pode ser justo sem ao menos ser sincero consigo mesmo. Mas que poder é esse que tem a verdade que nós ainda não conhecemos? Tenho sido tocado por isso nesses últimos dias. Se a sinceridade tem poder para exaltar uma cidade, porque não vemos suas conquistas sobre o Brasil, já que somos, nós Cristãos mais ou menos 25% da população? Tenho visto por aí uma igreja que se vende para políticos, empresários, maçons e para toda sorte de pessoas afortunadas "socialmente". Uma igreja que mente e mente muito, alegando para isso a necessidade de sobreviver em meio a um mundo tenebroso. Mas mentindo, penso eu, não tornamos a igreja um lugar também assim? Onde está nossa comunhão com o Deus vivo e verdadeiro? Se o Brasil é a bola da vez no que tange ao avivamento, onde esta o pré- requisito sinceridade/verdade?

Se a benção dos sinceros exalta uma cidade, não vejo à hora de ver seus efeitos sobre a igreja. 

"Que comece o julgamento pela Casa de Deus..."  (I Pe 4. 17). 

Postagens mais visitadas