Filipe. Das Multidões a um Homem Só.

FILIPE. DAS MULTIDÕES A UM HOMEM SÓ.

 "Quando a multidão ouviu Filipe e viu os sinais miraculosos que ele realizava, deu unânime atenção ao que ele dizia. (...) Um anjo do Senhor disse a Filipe: "Vá para o sul, para a estrada deserta que desce de Jerusalém a Gaza". Ele se levantou e partiu. No caminho encontrou um eunuco etíope, um oficial importante, encarregado de todos os tesouros de Candace, rainha dos etíopes". (Trechos de Atos 8 – NVI).

 

 

            Gente comum não consegue transformar o Evangelho numa coisa importante. Só os grandes homens conseguem pregar para um homem só. E isso, faz ser importante o seu Evangelho. É o caso de Filipe, e de sua pregação para um homem só. Ele é o protagonista de um caso de total estranheza. Onde sai de diante de uma multidão e indo a um lugar ermo, espera para pregar para um homem só. É a importância que damos a um só homem que faz um Evangelho ser importante. Sentar a beira de um poço, e aguardar uma mulher sem nenhuma representação social e cheia de traumas. É se decidir por permanecer num lugar por dois dias, mesmo sabendo que ali ninguém gosta de suas origens. Uma pessoa pode mudar o mundo e por isso o Evangelho deve ser importante.  No entanto, se é preciso crer, que um homem vale a pregação de todo o Evangelho. É preciso fazer o caminho das multidões a um homem só.

 Ney Gomes.
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10

 

 

Postagens mais visitadas