Poesias - PRISIONEIROS.

Prisioneiros.

Pobres prisioneiros do coração
Que em todo tempo pensam em escapar da razão
Esforçam-se cavando um buraco nas emoções
Na esperança de encontrar um sentimento de fuga
Mas quando saem; o que veem é um mar de oportunidades
Mais perigoso que as prisões que os cercam!
Pobres corações, prisioneiros da razão

Ney.

Postagens mais visitadas