Devocional - Ministros e Heróis.




MINISTROS E HERÓIS.
"De fato, já tínhamos sobre nós a sentença de morte, para que não confiássemos em nós mesmos, mas somente em Deus, que ressuscita os mortos".
(II Co 1. 9 – KJA, grifo meu).


Sempre existe um grande risco em ser Herói ou Ministro do Evangelho. Não heróis de quadrinhos, mas da vida real. Não ministros de governo, mas de Deus. Heróis que tomam importantes decisões em todos os momentos. Sempre existe um grande risco em edificar; ficar para ser o último a sair; correr para ser o primeiro a chegar. Servir de modelo sempre é arriscado! E essas escolhas são naturalmente uma sentença. Mediar, edificar, transformar; estar envolvido com essas coisas é como estar entre a vida e a morte, sempre!!
Sempre existe um grande risco em ser Herói ou Ministro do Evangelho. Ter a gentileza de ouvir; compreender (I Tm 5. 1, 2) . Ter a gentileza para ensinar; fazer aprender! A gentileza é uma sentença de morte, em um mundo onde o egoísmo tem sua própria bandeira (II Tm 3. 2). Ser gentil para confortar, consolar. Ser gentil para com paciência, expressar confiança nas tribulações, perseguições (At 16. 25).
Saber que nossas decisões nos fazem sempre culpados em quaisquer atitudes. Somos sentenciados a morte, por que sempre agimos com consciência plena em todos os momentos (At 21. 13). Por que nos envolvemos sendo os primeiros a chegar e últimos a sair. Responsabilizando-nos por todos os resultados desse processo, que é de apresentar com vida e palavras, a Obra de Cristo. Estando sempre certos que em qualquer ocasião, levaremos vida e edificação aos outros. Por que se existir um conflito, uma perseguição ou tribulação, a sentença já está decretada; nós é que devemos morrer! Sempre existe um grande risco em ser Herói ou Ministro do Evangelho.
Não é por acaso que exista tantas mortes e desvios nessa geração. Tantas ovelhas desgarradas, mal tosquiadas, mutiladas! Falto-nos heróis, ministros de verdade! Faltam-nos aqueles que decidam morrer por uma causa ou viver para Deus. Sempre existe um grande risco em ser Herói ou Ministro do Evangelho. Quem se habilita?

"Vivemos hoje na Igreja o vazio de uma geração sem heróis, sem modelos de vida consagrada em liderança madura e ética."
(D. Robinson Cavalcanti, em entrevista a revista Cristianismo Hoje)

http://www.portalebd.org.br/atualidades/reflexoes/item/1152-ministros-e-heróis



Postagens mais visitadas