Mosaico Davi - Os Fracos Ficam de Pé; Os Fortes Fazem Mais.


http://3.bp.blogspot.com/-uXg4hGimRII/Tb3cg-oohFI/AAAAAAAADO8/hf9wSgVSeMI/s1600/
 Mosaico Davi.
OS FRACOS FICAM DE PÉ; OS FORTES FAZEM MAIS.

"Davi ficou profundamente angustiado, pois os homens falavam em apedrejá-lo; todos estavam amargurados por causa de seus filhos e de suas filhas. Davi, porém, fortaleceu-se no SENHOR, o seu Deus". (I Sm 30. 6 – NVI).

Você não pode deixar de ler I Samuel 30 se quiser saber do homem que entra na figura de Rei de Israel. Nos dias que antecedem sua chegada ao trono, nos é revelado o interior de Davi, sua condição psicológica após 20 anos de perseguição e seca. Existe uma coisa pior do que não ter nada; e é perder tudo de uma vez, e isso aconteceu com Davi. Se não bastasse isso, ele passou a correr risco de morte iminente.
O diabo precisava fazer Davi deixar de ser quem ele era. Era preciso acabar com sua compaixão e longanimidade. Para isso, bastava somente uma pessoa, e ela nem precisaria estar tão bem (v. 13). Se ele fosse bem sucedido, ele colocaria no trono de Israel o seis no lugar do meia dúzia. Davi era um homem bom demais e era preciso trazer essa bondade para um nível de normalidade. Era preciso criar um trauma para destruir o seu interior tão bem moldado.
O mais interessante de Davi é sua vontade de ser mais. Não lhe bastava apenas estar de pé; era preciso levantar os outros. Era assim no início, e o diabo não queria que fosse assim, também no fim. E tudo o que o diabo tinha era um grande ressentimento e um egípcio; e tinha que ser o suficiente!
Os fracos apenas ficam de pé, como na parábola do Bom Samaritano (Lc 10. 30- 37). No entanto, os fortes levantam os que estão caídos e exaustos. Somos uma geração sobrevivente, como os fortes da parábola. Dando graças a Deus por mais uma semana em que não pecamos, mentimos ou enganamos alguém. Satisfeitos não por que ajudamos, e sim, por que não atrapalhamos ninguém. Evitando os desgastes e calculando o quanto vai nos custar o parar e ajudar outros.
Davi se recusou em ser um rei comum, destruindo seus desafetos e chegando onde é preciso chegar sozinho. Em sua agenda ainda havia tempo para cuidados e promessas (I Sm 30. 15). Para ouvir e se compadecer. Para sentar e "dar ouvidos". A gente precisa parar de "sobreviver" e começar a usar todo o nosso potencial para o seu real objetivo: Dar vida! (I Pe 2. 9)
Faça o que é preciso ser feito, sem que para isso, você deixe de ser você mesmo! Ame as pessoas "sem aquela pausa para ser um pouco mau". Vá com quem você é realmente até o fim; e assim, seja ainda melhor! O diabo não pode destruir "O Caminho", mas se esforça de verdade, para quê no fim dele, você não tenha tantas coisas boas para contar! (Lc 10. 17)

Ney Gomes.
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10



Postagens mais visitadas