Poesia - Dança dos Proboscídeos (descritivas).



DESCRITIVAS.
Elefantes bêbados de uísque dançam em meu coração sem juízo e cheios de coragem. Dançam como num sábado que dá início a um feriado prolongado. Sem medo de fazer barulho e animados como eles só! Prometem seguir dançando até o sol esquentar, do outro dia.

Difícil tentar descrever o estado de uma alma, quando longe das coisas que ama.



Ney Gomes.
"Teólogos escrevem sobre Deus. Mas quanto aos poetas, só Deus sabe!"

Postagens mais visitadas