Reflexão - Caminhando na contra mão? (A. Cerqueira)


Caminhando na contra mão! / Caminhando na contra mão?

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. João 8:32

 

Por diversas vezes, me pego, em meus confusos questionamentos me colocando numa situação na qual chego na seguinte pergunta: Será que estou indo na contra mão de tudo aquilo que vejo?

Muitos pastores alegam que o excesso de conhecimento ou a busca dele, cega a fé do cristão. Mas o que devemos fazer então se o cenário atual nos orienta a buscar o que realmente vem acontecendo no meio do Povo de Deus?

A Palavra de Deus diz:

 “Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” Mt 24:24.

Existem nomes de famosos (prefiro não citar nomes) que utilizam da própria Palavra de Deus para manipular a fé do povo, esses homens furtam dos filhos de Deus, do real objetivo da vinda de Cristo, de como ser um cristão, o porquê de pregar o evangelho e não se beneficiar dele e o melhor o porquê devemos buscar a verdade vinda das escrituras e honrar por elas. Se não me falha a memória esses homens são verdadeiros “mestres” da leitura bíblica e vou ser sincero, possuem uma arte para interpreta-la, dignos de grandes elogios.

Por outro lado podemos ver um povo carente, pois aonde existe a falta de material, sentimental e espiritual, a fé geralmente é a única fonte de esperança, ai fica fácil de manipular a mente sofrida, pois ela (a fé) tem de a crescer, a partir do momento em que supostamente um homem se levanta e aprende a trabalhar em cima dessa fé, e esse mesmo povo carente, joga suas ultimas cartadas no homem e enfim... chegamos aonde estamos.

No Brasil existem cerca de 13,9 milhões de brasileiros, com 15 anos ou mais, analfabetos, diz o Censo de 2010 (Leia mais sobre esse assunto em: http://oglobo.globo.com/politica/brasil-tem-quase-14-milhoes-de-analfabetos-2789595#ixzz26UV5R9Hd), e 42,3 milhões de brasileiros são evangélicos e cerca de 12 % dos evangélicos são analfabetos, (Leia mais sobre esse assunto em: http://www.mortesubita.org/psico/textos-de-psicologia-bizarra/religiao-em-si-nao-traz-qualidade-de-vida). Isso facilita bastante para o ensino “bíblico” vindo desses homens. Alguns manipulam o termo PROSPERIDADE, outros FÉ, outros se limitam em alguns termos e se esquecem (ou preferem esquecer) de dar continuidade aos significados, o maior exemplo disso esta no IDE do Senhor. E nossos jovens? Caso não façam muitas perguntas serão direcionados, orientados e doutrinados a fazer o que for dito. Já os questionadores, esses são tachados de rebeldes, sem respeito, perdidos para o mundo e condenados a ouvir frases tipo:

- Você está fora da visão!

- É preciso dar lugar para o espirito!

- A letra mata!

 

Fico imaginando o que falariam do Apóstolo Paulo, que com tamanha sabedoria se limitou apenas mostrar a pureza da Palavra de Deus:

“A tua palavra é muito pura; portanto, o teu servo a ama. Sl 119:14”.

Ele foi capaz de levar a Palavra às diversas tribos:

“E sucedeu que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfesos...” At 19:1.

 E sem perder o foco, apenas por amor ao Reino e ao próximo; e o mais interessante disso tudo é que um dia ele perseguiu aos cristãos, agindo da seguinte forma: perseguindo, condenando e aprendendo. E hoje os atuais “Apóstolos”, “Bispos”, “Pastores” e outros títulos, utilizam a seguinte forma: aprendem, condenam e perseguem.

Existem pastores que realmente são focados na Palavra de Deus, que possuem um coração e mente voltados ao Ide do Senhor; e Deus em sua infinita misericórdia me permitiu ainda em vida conhecer pessoas assim.

 “Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;” Filipenses 1:15

Eu creio na Palavra do Senhor e em suas promessas, creio que ainda existam pessoas com o coração cheio do Espirito Santo, que estão ansiosos por conhecer as Sagradas Escrituras em sua forma genuína e simples, sem distorção ou meias palavras.

Com relação ao título:

 Caminhando na contra mão! / Caminhando na contra mão?

Digo:

Prefiro buscar a cada dia o querer do Senhor na minha vida através das escrituras e ser condenado pelo homem do que pecar por conivência e ser condenado por Deus!

 “Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.” Jo 3:21.

 

Por
Anderson Cerqueira
Membro da Igreja Metodista em Jd. Novo-Realengo- 1ªRE

 

 

 

Postagens mais visitadas