Atualidades - Solidariedade Inesperada.


Sent: Monday, January 10, 2005 9:41 AM

SOLIDARIEDADE INESPERADA.

 "Quando um espírito imundo sai de um homem, passa por lugares áridos procurando descanso. Como não o encontra, diz: 'Voltarei para a casa de onde saí'. Chegando, encontra a casa desocupada, varrida e em ordem. Então vai e traz consigo outros sete
espíritos piores do que ele, e, entrando, passam a viver ali". (Mt 12. 43-45 - NVI).

Solidariedade: 1. Qualidade de solidário. 2. Estado ou vínculo recíproco de duas pessoas independentes. 3. Mutualidade de interesse e deveres. 4. Dir. Compromisso pelo qual as pessoas se obrigam umas pelas outras e cada uma delas por todas. 5. Apoio à causa, princípios, etc... De outrem.

Se fossemos resumir o que é solidariedade, poderíamos dizer que é aquilo que existe entre indivíduos que tem o mesmo objetivo. Por isso depois de ler Mat 12. 43-45, Cheguei a conclusão que existe solidariedade entre os poderes espirituais da maldade (veja que um espírito ao voltar dos lugares áridos, traz consigo outros que não tem um lar). Se a ordem perfeita que existe entre eles já é preocupante, ainda mais agora, saber que aliada a toda essa hierarquia que é obedecida com requintes de perfeição, existe uma boa dose de "solidariedade". Existe uma questão sobre os demônios que ainda é difícil definir, e isso acontece porque cada caso de endemoninhamento é diferente em seus particulares (não existe um dogma definido sobre os sentimentos dos demônios). Sabemos de sua missão com clareza (João 10. 10), mas de muito pouco como criaturas "inteligentes". Veja a passagem do endemoninhado gadareno:

 "Então Jesus lhe perguntou: "Qual é o seu nome?" "Meu nome é Legião", respondeu ele, "porque somos muitos." E implorava a Jesus, com insistência, que não os mandasse sair daquela região. Uma grande manada de porcos estava pastando numa colina próxima. Os demônios imploraram a Jesus: "Manda-nos para os porcos, para que entremos neles". Ele lhes deu permissão, e os espíritos imundos saíram e entraram nos porcos. A manada de cerca de dois mil porcos atirou-se precipício abaixo, em direção ao mar, e nele se afogou".

Veja que aqui nessa passagem, existe um representante que fala em nome de todos, e eles se definem como Legião. Fica clara a natureza de seu sentimentalismo, uma vez que eles imploram a Jesus, para não saírem daquele território que lhes foi confiada por Satanás. Ainda no Antigo Testamento, o anjo Gabriel dá testemunho dessa verdade a Daniel quando revela aspectos de seu combate contra o príncipe da Pérsia: “... Tenho que voltar para lutar contra o príncipe da Pérsia e, logo que eu for, chegará o príncipe da Grécia" (10. 20). Isso é, por causa de seus objetivos comuns, os poderes espirituais da maldade prestam solidariedade aos seus iguais (e por trás dessa passagem existem razões históricas). Parece que a solidariedade é tão forte, que até o inferno pratica-a. A forma de vida mais eficiente é aquela que se adapta as condições do ambiente onde vive. E nesse mundo de hoje, onde existe solidariedade existe vida.

"Se Satanás expulsa Satanás, está dividido contra si mesmo. Como, então, subsistirá seu reino?"
(Mt 12. 26).

 Ney Gomes. 10 de Janeiro de 2005.

Obs: Existem coisas que são fáceis de definir sobre  esse assunto que é claro. Como por exemplo, a solidariedade é impulsionada por um desejo. Cheguem os amados a suas próprias conclusões.

----- Original Message -----
Sent: Monday, January 10, 2005 9:41 AM
Subject: Re: Firmando as estacas (01).

Ney, apreciei muito esta abordagem. Obrigado. Gostaria de tirar uma dúvida, sobre o anjo Gabriel em Dn 10.20. Solicito confirmar Gabriel. Um abraço.

Pr. Abraão, obrigado por suas palavras de incentivo. Na verdade quando citei o "nome" Gabriel, segui a linha de pensamento da Bíblia Genebra, que sugere ser ele o anjo, o mesmo que se lhe apresenta anteriormente (8. 16/9. 21). É provável que realmente seja Gabriel, pois assim como Miguel, sua presença está associada intimamente com o bem estar de Israel (Lc 1. 26...).

Como o pastor pode perceber, é só uma linha de entendimento do autor da B. de Genebra. Mas razoável! Obrigado por apreciar meus textos, sua presença aí, me trás segurança. 

Ney Gomes.


Postagens mais visitadas