Estudo - Alinhamento do espírito. Lição 2.


CONHECENDO, VIVENDO E NOS ALINHANDO A NATUREZA DE DEUS. (18/08/13)
“Aprender é mudar posturas”. (Platão)

ALINHADOS AS EXIGÊNCIAS DE DEUS.                          
Então o rei de Israel reuniu quatrocentos profetas”. (I Rs 22. 6)

Nenhum aspecto de nossa vida e relacionamento com Deus acontece sem que se cumpra as Suas exigências. Isso se dá assim, por que a natureza do homem é decaída e pecaminosa (Rm 3. 23). Deus é santo e é preciso que  os que Dele se aproximam, se mantenham observando as leis e as regras que os mantém santos (Lv 19. 2/Dt 33. 3).


MANTENHA UMA SAUDÁVEL DESCONFIANÇA.
“Josafá, porém, perguntou: “Não existe aqui mais nenhum profeta do SENHOR?” (v. 7)

            Josafá, em Judá estava familiarizado com a presença de profetas (II Rs 3. 11). Ele achou estranho que “do nada”, muito rapidamente surgisse ali, 400 profetas de uma vez.  Ora, não lhe foi difícil de deduzir que eles todos viviam por ali, no palácio e perto dele (Is 30. 10). Profetas são pessoas destacadas, solitárias, na maioria do tempo, dedicadas há passar mais tempo com Deus do que com os homens. Sempre dispostos a pagar o preço de seu ministério junto ao Senhor (Jr 23. 14). Josafá não estava desconfiado da mensagem, ele estava desconfiado do comprometimento deles. Não nos é dito que eles são falsos profetas, mas certamente eles estavam no lugar errado (Am 2. 12). Quase sempre profetas estão sós, comendo e vivendo de formas estranhas. Cheios de suas visões e parábolas, e das coisas que Deus coloca em seus corações! Para se viver o ministério profético é preciso estar ALINHADO as suas exigências e ao cumprimento de seu perfil. Profetas não podem estar embriagados pelo vinho das riquezas e facilidades palacianas. Josafá achou que o consenso da mensagem deles havia sido encontrado rápido demais. Alinhados em seus interesses e desalinhados aos de Deus!


COMEÇA ERRADO E TERMINA ERRADO QUASE SEMPRE!
             
            Profetas não se deixariam contaminar pelo luxo dos palácios. É normal ver profetas e sacerdotes junto aos reis e poderosos. Mas, nos verdadeiros é possível ver a independência deles (Mt 23. 34 e 37). Reis dependem do povo, sacerdotes do templo e profetas de Deus! É preciso ser independente para ser verdadeiro, e é preciso ser verdadeiro para ser profeta e é preciso ser profeta para se falar de forma independente! Todo trabalho exige algo daquele que o executa; cuidado, atenção, delicadeza; força; conhecimento; técnica; prática; entrega. Se uma coisa começa sem que se cumpram as exigências, seu fim pode ser desastroso. E falar em nome de Deus pode ser a pior delas! (I Jo 4. 1) Pessoas certas nos lugares errados se sujeitam ao erro e coisas erradas acontecem com pessoas certas quando essas se encontram nos lugares errados. Dois erros aprendi eu, não fazem um acerto. Um erro e um acerto não é “um acerto final”. Somente um acerto e outro acerto é que fazem a coisa ser certa. A matemática de Deus é diferente da nossa. Jesus fala isso em seu ensino sobre o arado! É preciso estar comprometido integralmente com aquilo que se está fazendo! (Lc 9. 62). E o que se poderia hoje dizer daqueles que em nome de Deus só andam de jato e de palácio em palácio? Certamente, esses se desalinharam com os propósitos de Deus! (II Pe 2. 1).

O VAZIO DOS TÍTULOS DESALINHADOS!

Hoje, muitos desejam ser chamados “isso ou aquilo”. E cada vez mais se nomeia para fazer distinção. São apóstolos, bispos, profetas e até mesmo “patriarcas”. Mas, isso só tem levado o mundo a rir de nós, de nosso governo eclesiástico e cultura. Bem que Jesus nos advertiu sobre o escárnio a que seríamos submetidos como preço de nosso descaso com as exigências do alinhamento: “Pois, se lançar o alicerce e não for capaz de terminá-la, todos os que a virem rirão dele, dizendo: ‘Este homem começou a construir e não foi capaz de terminar”. (Lc 14. 25- 34). 


Ney Gomes.
           "Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10

Alinhamento do espírito. I Rs 22. Estudo para EBD, CEI Italva – Ano 2013.


Postagens mais visitadas