Estudo - Alinhamento do espírito. Lição 3.



CONHECENDO, VIVENDO E NOS ALINHANDO A NATUREZA DE DEUS. (01/09/13)
"A fé é um grau de conhecimento. O conhecimento é o auge da fé." (Agostinho*).

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.”  (1Jo 2.15,16)

A palavra “mundo” (gr. kosmos) frequentemente se refere ao vasto sistema de vida desta era, fomentado por Satanás e existente à parte de Deus. Consiste não somente nos prazeres obviamente malignos, imorais e pecaminosos do mundo, mas também se refere ao espírito de rebelião que nele age contra Deus, e de resistência ou indiferença a Ele e à sua revelação. Isso ocorre em todos os empreendimentos humanos que não estão sob o senhorio de Cristo. Na presente era, Satanás emprega as ideias mundanas de moralidade, das filosofias, psicologia, desejos, governos, cultura, educação, ciência, arte, medicina, música, sistemas econômicos, diversões, comunicação de massa, esporte, agricultura, etc, para opor-se a Deus, ao seu povo, à sua Palavra e aos seus padrões de retidão (Mt 16.26/1Co 2.12; 3.19/Tt 2.12/1Jo 2.15,16/Tg 4.4). Os crentes devem estar conscientes de que, por trás de todos os empreendimentos meramente humanos, há um espírito, força ou poder maligno que atua contra Deus e a sua Palavra. Nalguns casos, essa ação maligna é menos intensa; noutros casos, é mais. Finalmente, o “mundo” também inclui todos os sistemas religiosos originados pelo homem, bem como todas as organizações e igrejas mundanas, ou mornas (BEP, pág. 1957).

A PRESSÃO PARA SE ALINHAR AO MUNDO EM SUA EMISSÃO DE VALORES.
“O mensageiro que tinha ido chamar Micaías lhe disse: Veja, todos os outros profetas estão predizendo que o rei terá sucesso. Sua palavra também deve ser favorável” (I Rs 22. 13 - NVI)

        Sempre existirá uma pressão do mundo para nós cedermos as suas tendências. Sem um padrão de sucesso estabelecido por Deus, os homens podem chamar qualquer iniciativa de “coisa bem sucedida”, mesmo se para isso, for preciso matar, roubar, mentir e trair (Pv 28. 6). Quando nos alinhamos ao mundo perdemos a nossa capacidade de emitir valores. Vale tudo para ter o que se deseja? Podemos fazer qualquer coisa para a realização de nossos sonhos? Nem todas as coisas que começam bem terminam bem: “Deliciosa é a comida conquistada por meio de ardis e mentiras, contudo, em breve ela se transforma em areia na boca!” (Pv 20. 17/). Às vezes, o erro é mais leve, o pecado é mais suave, e o peso, está mesmo em fazer aquilo que é certo (Pv 9. 17). No entanto, “coisas que parecem direitas e fáceis”, terminam sempre em derrota, fracasso e morte (Pv 14. 12; 16. 25). Uma coisa não é certa somente por que parece certa ou é a mais fácil de fazer. Uma coisa é certa quando baseada na legalidade de Deus e dos homens (como o casamento, religioso e civil). Hoje o mundo continua pressionando. O sistema quer fazer você acreditar que nada há de mal no sexo sem casamento, no dinheiro sem trabalho, no descanso sem cansaço, no poder sem oração, na vida sem Cristo e Seu Evangelho.

É LEGÍTIMO PEDIR O QUE É LEGÍTIMO DESEJAR*.

            Micaías sabia o que era sucesso. Sucesso é se harmonizar com as Escrituras e seus valores (Pv 28. 5). É não ignorar o benefício dos outros por causa do seu próprio (Pv 23. 10, 11). É se alinhar com a vontade de Deus para si e para o coletivo (Gl 2. 10). Lembro-me de Amós e sua atitude corajosa de condenar os ricos opressores de seu tempo (4. 1). Amós também sofreu pressão para alinhar a sua mensagem com a luxúria e opressão dos ricos. Todavia, ele se negou e seguiu declarando a vontade de Deus ao seu povo (7. 10 – 17). Hiltler considerou a sua guerra justa, Pinochet também. Sem a luz das Escrituras qualquer pessoa pode considerar o que faz como sendo a coisa certa, e isso é evidente no livro de Juízes (21. 25). Se alinhe aos pensamentos e propósitos de Deus e receba poder para não ceder às pressões e paixões dessa vida. Nele, você sempre viverá as melhores coisas dessa vida, sem culpa! (II Co 1. 20/Fl 1. 6)

Ney Gomes.
           "Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10

Alinhamento do espírito. I Rs 22. Estudo para EBD, CEI Italva – Ano 2013.

Postagens mais visitadas