Estudo - Gerador de Legalidade (Texto e Imagem).




GERADOR DE LEGALIDADE.

“Sabemos que a Lei é boa, se alguém a usa de maneira adequada. Também sabemos que ela não é feita para os justos, mas para os transgressores e insubordinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreverentes, para os que matam pai e mãe, para os homicidas, para os que praticam imoralidade sexual e os homossexuais, para os sequestradores, para os mentirosos e os que juram falsamente; e para todo aquele que se opõe à sã doutrina. Esta sã doutrina se vê no glorioso evangelho que me foi confiado, o evangelho do Deus bendito”.
(I Tm 1. 8- 11 – KJA)

“A lei é boa”. Com essa sentença Paulo começa seu pensamento. O Evangelho entre num coração em pecado e dá início a um processo de legalidade. Ele começa a legalizar pensamentos; ideias; projetos; rascunhos; planos; esquemas; intenções; programas. Não demora, depois disso, ele alcança as atitudes; conduta; comportamento; procedimentos; modos; regras e normas. Sem racionalizar, toda ação é baseada em emocionalismo e não vai gerar frutos de Deus!
No Evangelho, começamos pensando bem e terminamos falando bem. Quando... a lei da vida está “agindo” dentro de nós.
Se alguém não sabe o que isso significa, Paulo dá a si mesmo por exemplo! “Todavia, por este motivo mesmo, me foi concedida misericórdia, para que em mim, o pior dos pecadores, Cristo Jesus, demonstrasse toda a grandeza da sua paciência, e me tornasse num modelo para todos quantos haveriam de crer nele para a vida eterna”. 

Ney - Setembro de 2013, EBD Free.


Postagens mais visitadas