Devocional - Prestígio no Fracasso (Jonas).




PRESTÍGIO NO FRACASSO.

Sem sombra de duvida! Não devemos ser profetas somente para as coisas que amamos. Essa é uma das poderosas mensagens contidas no pequeno livro de Jonas. O profeta era seduzido por um sentimento comum de seu tempo, um patriotismo fanático e egoísta.

A internet está repleta de excelente material de pesquisa sobre Jonas, e eu não desejo produzir mais um. Quero ficar a vontade para seguir uma linha mais coração. Dando ênfase ao relacionamento entre Deus e Jonas e deixando de lado a missão e suas consequentes lições.

Nenhuma mensagem é tão poderosa quanto aquela que é embebida na experiência. Quando temos experiência, usamo-la empregando força nas palavras certas, e quase sempre elas saem poucas de nós: "Daqui a quarenta dias Nínive será destruída". 

Um profeta não pode anunciar misericórdia, sem antes, ter ele mesmo mergulhado em suas águas. E esse mar de experiências é posto diante de todo aquele que deseja fazer a obra de Deus (1. 12). Claro, que não ignoramos que alguns, não mergulham nele, tendo em vista somente o glamour de pregar para uma grande cidade.

Ao amor que bagunça a nossa segurança chamamos de provação; deserto; adversidades. E com esse mesmo amor, Deus impediu que a desobediência do profeta fizesse estrago maior. Esse amor desconhecido se manifesta aqui como um “prestígio de Deus ao profeta que vive um momento de fracasso”. Às vezes, é preciso uma bagunça grande para consertar algo que seria uma bagunça pra sempre! (I Co 10. 13).

Jonas chega à Nínive, com um sentimento demorado e falando pouco. Era preciso dizer num dia o que deveria ser dito em 3. Era preciso falar com uma urgência que não cabe em Palavras. Era preciso ter palavras transbordantes, como alguém que carrega um oceano no coração (1. 15).

https://www.facebook.com/Graos-de-Entendimento-194812007236237
 
É preciso entender (pelo livro de Jonas) que longe do olhar dos homens acontece uma história de crença entre Deus e seus instrumentos. O grande e “misterioso” peixe é a forma que Deus tem de dizer que acredita “apesar de tudo” em Jonas. O agricultor poda a planta como forma de dizer que acredita que ela frutificará (Jo 15. 2). Mas, esse investimento acontecerá longe da atenção de quem pode impor prejuízo ao processo. Profetas são levantados para nos ensinar a amar aquilo que é importante (código primário). E para fazer ser mais importante ainda o papel que cada pessoa desenvolve para o bem de uma cidade (Ef 4. 11). Mas nenhum profeta tocará o coração de alguém com essa mensagem, se antes, ele mesmo não experimentou o “ser honrado em meio aos seus erros” (At 9. 15). A mensagem de Jonas é: “Nunca será descartável quem trata as coisas de Deus com importância”. 

Pergunte a si mesmo: Se fosse eu? Haveria um grande peixe lá?


Ney Gomes. 31/05/14.
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10

Postagens mais visitadas