Poesia Bíblica - O Valor das Palavras! (Lc 4. 1- 13)





SE SOUBÉSSEMOS!

Portanto, se prostrado me adorares, tudo isso será teu!” (Lc 4. 7 – NVI)

“Ficaste enredado pelas declarações que saíram da tua boca, então és prisioneiro de tua própria palavra”. (Pv 6. 3 – KJA).


Ah! Se soubéssemos!
Se soubéssemos o quanto vale nossas palavras!
Se soubéssemos o quanto vale nosso silêncio!
Se soubéssemos o quanto vale as palavras que desvalorizam o silêncio!
Se soubéssemos o quanto vale o silêncio que não se vende por palavras!

Se soubéssemos o quanto vale as palavras!
Jesus foi levado pelo diabo ao monte, e ali, em troca de algumas delas, lhe ofereceu todos os reinos da terra (Lc 4. 1- 13). É triste pensarmos que o diabo sabe mais do que nós sobre o valor do que é dito com os lábios. Tudo o que ele queria era algumas palavras de “reconhecimento” por parte  de Jesus. O quanto vale nossas palavras? Toda a tentação de Jesus se resume nessa palavra: DIGA!

DIGA a esta pedra se transforme em pão!
DIGA aos anjos que Te sustentem em suas mãos!
DIGA algumas boas palavras sobre mim!

Ah! Se soubéssemos!  
Se soubéssemos o quanto vale nossas palavras!
Se soubéssemos o quanto vale nosso silêncio!
Tudo se resume em saber; em calar; em falar!


 
 
Ney Gomes – 15/09/2014
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10








Postagens mais visitadas