Doutrina - Visão. A Embalagem do Propósito.





VISÃO. EMBALAGEM DO PROPÓSITO.

“... Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a missão a qual os tenho chamado” (At 13. 2 – KJA)



Lucas foi cuidadoso em extremo ao escrever o livro de Atos dos Apóstolos. Auxiliado pelo Espírito Santo, ele tem a preocupação de embutir em suas palavras o que elas representavam em seu tempo. Basta uma leitura mais cuidadosa para se perceber que a igreja primitiva tinha um vocabulário muito cheio de significado. Tomamos a palavra “visão”, por exemplo. Para os Apóstolos visão é uma palavra que transporta a missão. Em Atos, quando alguém tem visão, essa está sempre preenchida com uma missão. É assim com Felipe (8. 26), com Ananias (9. 11, 15, 16) com Pedro (10. 19, 20), com Cornélio (10. 5), com Paulo (16. 10) e com todos, quando é verdadeiro e quando é de Deus!

Quando os discípulos oravam, o Espírito Santo enchia seus corações da missão. Primeiro no capítulo 2 e depois no 13. Hoje no meio “pentecostal” é fácil ver pessoas cheias de visões e vazias de missão, de propósitos. Gente que se viciou em cultos de poder e que procuram o Espírito Santo sem propósito, como um viciado que sobe o morro em busca de mais “um bagulho”. Em Atos, sempre que alguém tem uma visão, logo em seguida ela recebe uma missão (5. 19, 20; 18. 9; 22. 21; 26. 17- 19; 27. 24).

Por isso, era necessário aguardar o Espírito Santo descer (1. 8). Ele daria às visões o combustível necessário para movimentar a Obra Missionária. A consequência disso, foi que a visão “preenchida” colocou para fora de seus corações a doença que Adão contraiu no Éden (2. 45; 4. 32 e 34). Visões vazias e cheias de carne não levam a igreja a movimento algum. Não tira das pessoas esse sentimento de “plateia” tão forte em nosso arraial.

Em Atos as visões levam os discípulos ao comprometimento, ao esvaziamento de si, ao sentimento de urgência (Mc 1. 38). A impressão que tenho é que as visões de hoje não movimentariam nem um só coração, ainda que a pessoa tivesse visto toda a Nova Jerusalém. “Visão” é uma palavra desgastada em nosso tempo, pelo coração ganancioso de líderes que só pensam em lucro e números. Precisamos resgatar o Evangelho que provoca verdadeiras visões. Antes que nossos corações se esvaziem totalmente e percamos a capacidade de distinguir entre o que é falso e verdadeiro. Pois a cada dia que passa o Espírito Santo fica mais e mais sozinho (II Ts 2. 7). #oremos!

Ney Gomes – 27/11/14.
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10

Postagens mais visitadas