Devocional - Marcas da Vinda de Cristo 2 (Mat 25).



MARCAS PROFÉTICAS 2.
“Parábola das Virgens. Mat 25. 1- 13/As muitas vozes.

O Novo Testamento nunca marcou uma data para a vinda de Jesus. No entanto, por suas páginas é possível perceber uma intensa #marcação desse evento. Fatos, acontecimentos, verdades e sentimentos. São algumas das coisas que apontam para o tempo em que Cristo virá buscar a Sua igreja. Essas verdades funcionam como um #hastag.

Uma dessas marcas, que apontam para a “infalível” #manifestação de Cristo, nos é bem descrita em Mateus 25. A geração que presenciará a vinda de Jesus é uma geração “social”. Somos uma geração de pessoas distraídas e “distraíveis!”. 

http://graosdeentendimento.blogspot.com.br/2014/09/devocional-marcas-da-vinda-de-cristo.html


A vida cristã acontece sobre verdades coletivas. Ignoramos que existe um poder incrível na associação (Ef 3. 18), a curto, médio e longo prazo. Todas as virgens dividem o mesmo ambiente e a resposta disso, é que as loucas ficam meio sábias e as sábias, meio loucas. A associação possuí o poder de criar um ambiente de “livre circulação” de ideias, propostas e espíritos. É bom lembrar disso, nesses tempos de “redes sociais” cada vez mais intensas e envolventes.

Se profecias apontam para tempos futuros, precisamos ler suas advertências sob a luz da atualidade, também. Tolices criam distrações e a tecnologia elevou esse poder ao máximo, transcendendo ambientes e culturas, invadindo ambientes restritos, discretos e secretos. A internet nos elevou ao nível de aldeia global, onde tudo atinge a todos, em virtudes e sandices.

A fé saudável é cheia de áreas restritas (dogmas). Corremos o real risco de assimilar comportamento ao abrir essas áreas. Com o tempo, mesmo chamados para despertar, podemos dormir, por causa da influência da associação. A igreja nesses dias corre o perigoso risco de ter ser inteiro fragmentado pelo mesmo tipo de pessoas da parábola das virgens. Pessoas que amam o ambiente de festa saudável, mas que não desejam se comprometer com aquilo que faz saúde. Elas ficam lá; tentando nos convencer que levamos a sério demais a nossa missão de servir. Já desistiram de nos fazer ser mundo, elas querem somente nos fazer ser menos igreja.

O sono da indolência vem na terceira voz: “Não há nenhum mal nisso, dizem às vozes, repetidamente. Não há nenhum mal nisso! Diz você isso para si mesmo. Não há nenhum mal nisso! Diz você para Deus, antes de começar a dormir!”

Ney Gomes. 22/08/2015
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10





Postagens mais visitadas