Devocional - O Valor do Passado.




O VALOR DO PASSADO.

Depois disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão,
e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente”. (Jo 20. 27 – ACF).

Chamamos de experiência, o passado que faz o futuro valer a pena; ser mais tranquilo. O perdão é uma ferramenta para consertar o passado que acontecendo, atormenta, traz dano, tira o sono. Foi por isso que Jesus mostrou as marcas de seus cravos e ferimentos a Tomé, também chamado Dídimo (Jo 20. 24). Jesus invocou o passado por causa de seu valor experimental e não por uma ausência de presente interessante. O passado só deve ser invocado se ele tem propriedades para curar o presente e garantir a saúde de um bom futuro! (II Co 5. 17/Cl 3. 3)

“O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos,
o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida”. (I Jo 1. 1)

Ao escrever a igreja, de Éfeso, João, o Apóstolo começa a sua carta mencionando seu passado glorioso. Que emergia no presente em forma de autoridade ímpar (I Jo 1. 1). Se você não submete o passado a uma transformação, sendo ele bom ou mau, ele vai te assombrar, te atrapalhar.  Se é bom, transformamos em lembrança ou autoridade! Se é mau, transformamos em experiência ou esquecimento! Mas ele nunca deve encontrar valor somente por que aconteceu!



Ney Gomes – 29/09/2016 - twitter@neygms
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10



Postagens mais visitadas