Igreja - Missão, Autoridade e Visão.



MISSÃO, AUTORIDADE E VISÃO.

Às vezes, à sombra de grandes árvores se abrigam pequenas plantas com enorme poder medicinal. Verdade essa, encontrada sob a poderosa sombra da profecia que anuncia a ‘ressurreição’ de Israel no Livro do Profeta Ezequiel, 37.

É Ezequiel, filho de Buzi, de família sacerdotal, da provável linhagem de Zadoque, que de maneira subjetiva, nós dá o valor da missão, autoridade e visão. Como é comum na literatura judaica, duas ideias opostas são colocadas lado a lado, para fornecer um entendimento. De um lado, o profeta Ezequiel, simbolizando os que se permitem orientar por Deus. Do outro lado, o ‘Vale de Ossos Secos’, simbolizando os que não ouviram Deus dizer:
- Não toques! Não prove! Não fale! Não vá por essa direção!

        O Vale de Ossos Secos não é analogia do INFERNO. Ele representa as pessoas que em vida se afastaram e perderam-se de seu propósito, identidade e destino. Uma vida que em vida, por causa da desobediência, não faz mais diferença alguma.

            A Missão precisa do valor da Autoridade e a autoridade precisa do valor da Visão. Missão diz respeito ao que eu preparo para servir a Deus. Da organização necessária para o meu serviço. Sobre o valor do preparo, Paulo diz em sua carta a Timóteo: “Que o canditado não seja inexperiente” (I Tm 3. 6). Visão diz respeito ao que Deus prepara e organiza para nós servirmos a Ele (At 16. 9, 10). A Missão só acontece bem, sob a autoridade da Visão. Então, é preciso receber de um lado para o derramar sobre o outro.

Por vezes, a autoridade está acontecendo na Missão. Como no caso de um Ministério de Louvor. A autoridade não reside nas canções, mas em se cantar. Também, na Missão Pastoral, que na necessidade de apascentar, precisa ministrar segundo as demandas que lhe são apresentadas pelo rebanho, no exercício de seu cotidiano. Mas, não é assim com os profetas, nem com ministérios ‘ditos’ proféticos. Onde a autoridade está na Visão, isso é, de saber o que Deus deseja dizer e receber. Na Missão, o sucesso depende da obediência. Coisa bem representada na falência do Rei Saul. No Profético, o sucesso depende da Visão. Isso é, do que Deus quer ou não promover.

Vistas anuais. Posição em 27/05/17

            É comum nos profetas vê-los dedicados ao exercício missional. Quando não estavam atuando no profético, estavam dedicados a ensinar o povo como sacerdotes. Consolando, corrigindo, exortando e animando. Jeremias, Daniel, Ezequiel e Joel, são poderosas figuras desse álbum de entendimento.

            Esse conteúdo ilustra bem os fracassos de nossos dias, a substância de nossos escândalos. Há pessoas preparadas missionalmente, que não tem a visão de onde devem estar. Há pessoas que sabem onde devem estar, pois receberam a visão. Mas não estão preparadas missionalmente. E esse quadro é a pobreza da igreja desses dias atuais:
Gente certa em lugares errados. Lugares certos ocupados por pessoas erradas!

Que Deus nos dê visão, para cumprirmos a nossa missão com autoridade! Oremos.


Ney Gomes – Maio de 2017. #Ezequiel37
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo". 1 Timóteo 4.10




Postagens mais visitadas