A GRANDE BESTA BRASILEIRA BABILÔNICA.

 A GRANDE BESTA DE DUAS CABEÇAS "GOSPEL GLOBALIZADA".

 

Tenho acompanhado com muito espanto a aliança que a Globo fez com certo seguimento evangélico. Sim senhores, isso é uma aliança! Certo ditado antigo diz: "Se não pode vencê-los, junte-se a eles". E finalmente, depois de anos de investidas sem sucesso, a Globo resolveu seguir o adágio. No entanto, não há razões para tal seguimento fazer o mesmo. Nossa guerra não chegou ao fim, então, não há porquê se juntar ao inimigo. Sim senhores, A Globo é nossa inimiga! Eu a vejo como aquela besta mitológica, tão bem cantada pelos gregos. A fera cujo poder é fazer crescer duas cabeças no lugar daquela que lhe foi arrancada.

 

Mas, nós sabíamos que seria assim. Nada nunca nos enganou. Todavia, confesso que não pensei que estaria vivo para ver essa "desgraceira dos infernos". A Globo financia RTeixeira, financia filmes espíritas, financia a "supremacia gay", e com o lucro disso, quer financiar a "música gospel nacional". Para daí, financiar mais morte e destruição, nessa panela que ela carinhosamente chama de sincretismo. Eu veja essa aliança como a igreja se unindo a "camorra, yakuza, pcc". Logo, ela estará produzindo grandes espetáculos islâmicos. Pois do resto, ela já produz!

 

Quem sabe não teremos no ano que vêm, os festivais promessas, jihad, reencarne, marias, e no fim, Roberto Carlos cantando "Jesus, Maomé, Maria, André Luiz, eu estou aqui". Seria até bonito, confesso [a igreja não está no ramo da estética, cosméticos]. Mas, seria o mesmo que dançar nos túmulos dos apóstolos de Cristo. Sempre haverá mais uma "Viagem", mais um "Clone", um "Vale Tudo, Que Rei Sou Eu". No entanto, jamais haverá "Uma Linda e Santa Igreja", "Gente de Bem, que Ama a Família"; "Um Povo de Valor". Mas, a igreja em certo grupo de pessoas, abraçou de fato a teologia da prosperidade. Dinheiro, poder, visibilidade, influência, prestigio, e tudo isso baseado no pensamento errado que ensina que agora é a nossa hora. Todos sabem que ainda não é; essa hora é do anticristo e seus fantoches. Essa é a undécima hora, e nossa hora vem depois disso, do soar das trombetas, da voz de arcanjo, das novas vestes. Aí então, eu amarei o "festival promessas"... o festival promessas cumpridas aos que foram fiéis em Cristo, e por sua igreja.

 

Em rascunho, Ney Gomes. 13/12/11

Postagens mais visitadas