C. de Eliseu - Diga-me Com Quem Andas...

 

Comentário 15.

DIGA-ME COM QUEM ANDAS...

 

"O servo do homem de Deus levantou-se bem cedo pela manhã e, quando saía, viu que uma tropa com cavalos e carros de guerra havia cercado a cidade. Então ele exclamou: "Ah, meu senhor! O que faremos?" O profeta respondeu: "Não tenha medo. Aqueles que estão conosco são mais numerosos do que eles".

E Eliseu orou: "SENHOR, abre os olhos dele para que veja". Então o SENHOR abriu os olhos do rapaz, que olhou e viu as colinas cheias de cavalos e carros de fogo ao redor de Eliseu".

(2 Rs 6. 15-17).

 

O sol mal aparecia no horizonte quando o assistente de Eliseu se levantou. Abriu a porta para pegar água na talha grande posta no quintal, quando de repente, surpresa!

Multidões e multidões de soldados ladeavam a casa, homens que pareciam não ter alma nem coração. Então correndo, tropeçando e ofegante, foi ao encontro de Eliseu, que há essa altura já fora acordado pelo seu histerismo, e disse: - Ai meu senhor! Que faremos?

Diante daquela aparente tragédia Eliseu orou para que o jovem tivesse certeza do caráter de Deus e da verdadeira realidade: — De que Deus está do nosso lado!

Eu acredito que depois que o jovem se acalmou Eliseu lhe perguntou: - E agora, quem você acha que está cercando quem? Eliseu conhecia o caráter de Deus, sabia (e o saber é a verdadeira visão espiritual – Jó 19. 25) que Deus não recua diante das dificuldades, não abandona seus compromissos, não ignora os que são Seus (Sl 91. 11). Todos sabem muitas coisas de Deus, pois a Bíblia e a História nos dizem o que Deus fez, como fez, porque fez e com quem fez, mas somente os profetas sabem onde Deus está, o por quê que está, com quem está e o que vai fazer. Num mundo de pessoas cegas (v. 17) e de pessoas que acham que enxergam (v. 18), é sempre bom ter um profeta por perto!

 

"O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus".  (2 Cor 4. 4).

 

 

Postagens mais visitadas