C. de Eliseu - Sem Pão e Circo.


Comentário 14.
(SEM PÃO E CIRCO - NÃO EXISTE MINISTÉRIO DE RECREAÇÃO!).

“Vocês são o sal da terra...”.
“... E até hoje a água permanece pura, conforme a palavra de Eliseu”.

(Mat 5. 13a /2 Reis 2. 22).

Nada trás mais sucesso a um ministério do que saber onde ministrar. Num mundo cheio de valores banais e futilidades supervalorizadas, somente Deus pode levar nossos olhos a verdadeira causa dos problemas: - Isso se chama discernimento! (I Cor 12. 10).
Ao saber do problema que havia na água da cidade, Eliseu foi direto à nascente do rio (segundo a Bíblia NVI, v. 21), com a mesma convicção que existe no coração dos profetas que hoje voltam seu ministério para as famílias. Os verdadeiros profetas sempre sabem quais são as razões dos males sociais e é isso que faz deles verdadeiros profetas do Altíssimo. Em virtude de seu ministério, Eliseu diria hoje ser impossível curar a sociedade, sem curar a família; berço de todo tipo de sorte social. A sociedade só pode se transformar e tornar-se saudável com a exposição contínua de nossos valores a ela (Jo 2. 1-11). Digo isso, pois a sociedade se sustenta sobre um caráter sólido, igual ao que existe nos profetas – de Deus – (Mt 5. 13). As águas daquela cidade estavam ruins, porque sua nascente era ruim e com raras exceções, assim também são os homens (Rm 5. 12-19). Estou cansado de ver atividades recreativas, protetas (profetas+patetas) que pregam mensagens que o povo quer ouvir, como restituição generalizada, libertação sem discipulado (Jo 8. 32), Deus sem santidade (Hb 12. 14) e bênçãos; toda a sorte de bênçãos que se pode comprar em vidrinhos de óleo ungido e pregações em caixinhas de DVD’s. A velha doutrina romana de dar ao povo pão e circo!
O texto não nos diz, mas o que mudou de fato ali foi à qualidade de vida do povo, que sofreu exposição direta ao caráter de Eliseu, que tinha substância para fazer as coisas e as pessoas mudarem suas naturezas. Causar mudanças é o objetivo principal do ministério profético (At 19. 13-20/Mt 5. 13a).

Postagens mais visitadas