C. de Eliseu - Entre a Escolha de Reis e Profetas [2011/ensaio 1].

Comentário Extra 2011 (Ensaio 1).

ENTRE A ESCOLHA DE REIS E PROFETAS.

 

"O rei estava conversando com Geazi, servo do homem de Deus, e disse: "Conte-me todos os prodígios que Eliseu tem feito".  Enquanto Geazi contava ao rei como Eliseu havia ressuscitado o menino, a própria mãe chegou para apresentar sua petição ao rei a fim de readquirir sua casa e sua propriedade".

(II Reis 8. 4, 5 – NVI).

 

A última aparição de Geazi na Bíblia me deixa em confusão sobre o que dizer sobre ele. Seguramente mais de sete anos haviam se passado, e ele agora está em localização privilegiada. Alguns anos antes, ele passa de nome promissor a rejeitado definitivo. No Antigo Testamento os profetas tinham grande poder de veto. Eliseu usa suas prerrogativas e pelo bem de Israel, afasta Geazi dos corredores políticos da nação. O mundo espiritual não suporta meios termos. Quem não ajuda, certamente está atrapalhando. Geazi não tinha espiritualidade para ser profeta, e nem tão pouco moral para servir de conselheiro. Não era para ele estar perto de reis e sacerdotes, não mesmo!

No entanto, nem sempre os reis aprovam as escolhas que fazem os profetas, e lá estava Geazi; no palácio real. Parece-me que Geazi era muito bom para dar vida a histórias. Em sua boca, palavras ganhavam brilho, cor, sabor. E o rei gostava disso; para lhe tirar o gosto amargo que deixa na alma o poder. A igreja não precisa de pessoas para dar vida aos feitos do passado. Ela precisa de pessoas que escrevam um futuro cheio de verdade e justiça. Isso está bem ilustrado nessa passagem. De um lado, Geazi que nada acrescenta a vida de Israel. E por outro a sunamita, que no passado contribuiu para a vida espiritual de toda a sua comunidade. Ela não poderia ter impedido a seca, mas, o rei estava certo: Com ela de volta seus efeitos não se estenderiam tanto (v. 6).

Ela sairia dali para ajudar a restabelecer a vida em Israel, e Geazi, continuaria contando histórias e para nada contribuindo. Eu mandaria Geazi ir "pastar" e daria a sunamita e sua família, um lugar na coorte. Meu primeiro pastor me ensinou: "Quer crescer? Ande com quem trabalha!"

A igreja precisa dar mais importância às escolhas que fazem os profetas. A igreja não precisa de gente para "romancear" o Antigo Testamento. Ela precisa é de mais capítulos no Novo! Ela precisa de profetas como Eliseu, de mulheres como a sunamita e de menos pessoas que gostem de contar estórias (histórias, como pede a regra). HITLER foi um excelente contador de histórias, suas homílias enchiam auditórios. E como Geazi, ele tinha lepra suficiente para ADOECER o inferno.

Acho que isso que queria dizer!

PERFIL MODERNO DE GEAZI, o leproso.

 

Orkut: PERFIL 16 LOTADO!

Facebook: PERFIL 5 LOTADO!

Twitter: 800 MIL SEGUIDORES (seguindo 5 pessoas).

Agenda Nacional: LOTADO ATÉ 2016.

Site: 4 MILHÕES DE VISITAS/MÊS.          

Produçao: 10 livros publicados e 2 no prelo.

20 DVD's, facilmente comprados no Submarino, Americanas ou Hermes.

Curiosidades pessoais:

Seu último livro vendeu mais que os de Paulo Coelho na região Sudeste.

Convidado de Sérgio Cabral para abrir as Olímpiadas de 2016.

Só concede entrevistas ao Fantástico e sempre "ao vivo".

Cotado para concorrer ao Senado pelo PMDB de SP.

 

 

Postagens mais visitadas