Mosaico Davi - Autoridade e Permissão.

http://cei.org.br/autoridade-e-permissao/




AUTORIDADE E PERMISSÃO.

"Certamente desta vez Deus colocou o inimigo nas suas mãos," Abisai cochichou para Davi. "Deixe-me ir atravessá-lo com aquela lança. Eu prego Saul no chão com ela - e não preciso de dar dois golpes; um só basta!". (I Sm 26. 8 - BV)
           
Às vezes, só o tempo demonstra como sai caro pra alma tocar nas coisas que Deus está fazendo; sem ter a devida "permissão" para isso. Somente uma mente espiritual pode antecipar essa verdade e se prevenir de seu mau (I Co 2. 15ª). Ter autoridade ou a oportunidade certa para fazer algo, não significa que aquilo deve ser feito!

É São Tiago (4. 13) que nos demonstra o perigo de confiar [somente] no que temos nas mãos: “Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, lá nos estabeleceremos por um ano, negociaremos e obteremos grande lucro”. A vida, em muitas ocasiões vai testar o que sabemos sobre os verbosmais primitivos” que regem a nossa vida: Ser, fazer e poder. Com grandes prejuízos e lucros como pagamento por tal conhecimento. A autoridade e a oportunidade eram convenientes para Saul. Ele era o rei, queria Davi morto e investiu seu poder nessa ideia. Sem consultas! Apenas praticidade.

Alguns vão passar toda a vida sem distinguir autoridade [eu posso!] e permissão [eu devo?]. Davi tinha a autoridade para matar Saul, tinha a oportunidade real para executar esse desejo, caso seu coração o quisesse. Mas, não o fez. Davi tinha uma mente espiritual, por isso, ele prevaleceu, cresceu, prosperou e se tornou saúde para Israel. Quanto a Saul, sabemos o que não se deve fazer [mesmo podendo].

A autoridade pela autoridade faz as pessoas desaparecerem juntamente com suas histórias. A autoridade pela autoridade atrapalha os projetos de Deus, atrasa a implantação dos fundamentos do “Reino” e acontece por capricho (Rm 4. 17). A autoridade pela autoridade faz sangrar corações, dividir famílias, enterrar talentos e igrejas (3 Jo 9, 10). Uma mente espiritual faz escolhas [como Davi], mas uma mente carnal, não tem escolha alguma. Ela é simplesmente escrava de sua autoridade [como Saul]. 

A Bíblia diz que o “rei” faz o que quer (Ec 8. 4). Mas não diz ser isso, sempre o certo a ser feito. 

Então, a pergunta que trás saúde é: “Eu posso, mas devo?”

O tempo é o fiel aferidor da verdadeira autoridade espiritual.


Ney Gomes – Outubro, 2014. “Estilo Rascunho”.
http://cei.org.br/autoridade-e-permissao/
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10


Postagens mais visitadas