Conto - Ser Pastor é Ser Galo Velho!


SER PASTOR É SER GALO VELHO!




Assim que o ovo quebrou, a mamãe galinha que tinha muita fé no Criador profetizou: “Um dia, você será o galo mais importante desse galinheiro”. Um tempo passou e o pequeno pintinho era agora um frangote. As primeiras penas coloridas apareciam e a crista começava também a dar evidência.

O pequeno frangote não sabia que havia um tempo determinado para todas as coisas, e impaciente – por lembrar sempre das palavras de sua mãe – foi desafiar o velho galo para uma disputa pelo controle de todo o galinheiro. O galo velho que agora só vivia da sua pose sabia não estar nele as forças para uma luta, uma disputa daquelas. Até ali vivia ele empoleirado tranquilamente sobre sua fama do passado, sabendo que sua hora ainda estava distante. Mesmo assim aceitou por causa do seu nome, o desafio.

Eles marcaram no meio do terreiro do galinheiro, e na hora combinada a rinha começou! Durou certo tempo, mas as previsões se confirmaram. Não podendo suportar a força e jovialidade do pequeno frangote, o galo velho sucumbiu e caiu com honra.

O frangote agora cheio de orgulho e confiança queria logo “cantar no galinheiro”. Ele achou por bem, já que ainda não era tão galo, subir na cerca e contar pra todas as galinhas que ele que agora era o “rei do pedaço”. Então, botou seu plano para funcionar. Subiu no mais alto da cerca de tela de arames, abriu suas asas ainda de poucas penas e começou a cacarejar com ares de majestade.
Mas, novo que era, ignorou o gavião que por ali voava. Que ao perceber a facilidade fez um voo rasante e com garras poderosas sequestrou o pequeno frangote.

O poderoso fundo moral dessa fábula é: Não cante de galo antes da hora! Não antes da hora! Não antes!

“[O líder] Não deve ser recém convertido, a fim de que não se ensoberbeça e caia na mesma condenação em que caiu o Diabo”. (I Tm 3. 6 – KJA).



Ney Gomes. 23/05/2016
"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10

Postagens mais visitadas