O CUSTO DE UMA VERDADE DIVINA.

O Custo Divino.

“Samuel apanhou o chifre cheio de óleo e o ungiu na presença de seus irmãos, e, a partir daquele dia, o Espírito do SENHOR apoderou-se de Davi. E Samuel voltou para Rama”.

(I Samuel 16. 13 – grifo meu – NVI).


Fazer um rei, pastor ou ministro de louvor diferente sempre envolve um custo muito alto. Samuel voltou para Rama, dali em diante Deus assumiria o projeto e a execução. Quem estipulou esse custo foi Adão, no momento de seu pecado (Gn 3. 21). Desde então nada tem sido fácil para Deus. E à medida que os tempos se tornam difíceis esse custo dobra por dia (II Tm 3. 1/Mt 24. 12).
Por Deus, aquilo que Ele prometeu a você não teria nenhuma demora em se realizar (Ex 13. 17). Aqui é que está o custo alto do projeto; o da mão de obra. Para bem da verdade tem sido caro tentar amenizar os efeitos do pecado, e em muitos casos Ele tem conseguido. Só pela vontade de Deus, ainda cheio de óleo, Davi sairia dali, da sala de seu pai e se sentaria no trono de Saul.
Mas o que Deus queria era um rei diferente, e coisas diferentes para Deus são sinônimos de custo alto. Foi caro para Deus não colocar Davi de forma imediata no trono, pois Davi era o homem segundo seu coração. É de grande custo para Deus não realizar as promessas que Ele te fez, hoje! Mas, por bem, ele acha melhor te preparar para ser diferente. No caso de Davi o custo de vinte anos dobrou, pois a ausência de Davi era agravada fortemente pela tolice de Saul. Saul era um néscio, um déspota e um sádico. Para que Davi não fosse uma continuidade da “gestão Saul”, Deus investiu sem poder vinte anos em Davi. Sem poder, por que Deus tem pressa, mesmo assim, não se atropela para governar. A pressa de Deus é conhecida dos corredores da igreja, é assunto sempre presente dos missionários e de sérios homens de Deus (At 16. 10). Submetida a essa verdade fica mais fácil de compreender como é caro para Deus fazer um “servo diferente”. Esse preço imposto pelo pecado está registrado em todos os lugares da Bíblia, ele está em José (13 anos), Moíses (40 anos), Samuel (28 anos) Davi (20 anos), João Batista (30 anos) e Paulo (13 anos). Foram 140 anos aproximadamente, anos que reunidos poderiam fazer uma grande diferença na vida espiritual de Israel. Anos dos quais Deus abriu mão em busca de algo melhor. Custo maior do que esse que Deus paga é o custo da carnalidade do líder.
Lideres carnais são sinônimos de ciúmes, invejas, contendas e lanças voadoras. Alias, nunca encare o ciúme das crianças, das mulheres traídas e de lideres carnais.
Deus investiu muito para que Davi não errasse e quando errou Deus lhe cobrou caro pela falhas (II Sm 12. 10-15). O tempo é fundamental na formação de um caráter Cristão e por ser tão importante é que custa tão caro para Deus (I Tm 5. 22a). Porém mesmo custando caro, não pense que Deus usa qualquer um de qualquer maneira para qualquer coisa. Os homens precisam de mais investimentos que as mulas, de bem mais!

Ney Gomes – 27/Outubro de 2006.

Postagens mais visitadas