Filipenses. O Poeta Tinha Coração de Pastor.

O POETA TINHA CORAÇÃO DE PASTOR.

“Você, que dizia no seu coração: "Subirei aos céus; erguerei o meu trono acima das estrelas de Deus; eu me assentarei no monte da assembléia, no ponto mais elevado do monte santo. Subirei mais alto que as mais altas nuvens; serei como o Altíssimo". Mas às profundezas do Sheol você será levado, irá ao fundo do abismo!”

“O destino deles é a perdição (...) eles têm orgulho do que é vergonhoso; só pensam nas coisas terrenas”.
(Isaías 14. 13, 15/Fil 3. 19 – NVI).

Existe um lugar eu sei, onde o inferno é mais inferno e o diabo é mais diabo. Um lugar onde o inferno deixa de ser um medo e um mito e se torna numa realidade. Um lugar onde o diabo se sente mais à vontade e não tão sujo. Lá no fundo do inferno é que acho que fica esse lugar; o fogo lá não produz luz e ninguém vê nada (2 Pe 2. 4). Tudo o que se sabe é que lá, até quem ta no inferno tem medo de entrar. Para entrar lá tem que ser muito ruim, mais ruim que o próprio diabo! Não adianta matar, roubar e destruir, pois isso o diabo já faz e faz bem!. Para ir para lá tem que ser mal desde criancinha (Mt 23. 15), de carteirinha; Cabra da peste! Mulhé macho sim sinhô!
Um dia alguém perguntou para o diabo como se vai para lá. O diabo riu e fez ar de quem não queria responder. Afinal de contas esses humanos são sempre patifes demais, pensou ele. Mas, depois de fazer sua graça habitual ele respondeu: — Só vai para lá aqueles que acham que seus prazeres têm mais importância que suas almas (Luc 10. 27/12. 16- 23).
A alma é e sempre será mais importante do que aquilo que ela deseja! É ela, como diz o poeta, que faz tudo valer a pena!*

Ney Gomes – 04/03/2007.


* Citando o poeta português Fernando Pessoa.

Postagens mais visitadas