REJEITADO CARGAS DESNECESSÁRIAS - A LIÇÃO DE JABEZ.

REJEITANDO CARGAS DESNECESSÁRIAS.

"...Sua mãe chamou-lhe Jabez, dizendo: Porque com dores o dei à luz!.."

(I Cro.4: 9 - VRA).

Somos uma sociedade de ícones. Gostamos de projetar nos outros o que gostaríamos de ser ou vice-versa. Uma espécie de fábrica de ídolos, que se alimenta de nossos sentimentos mais profundos e secretos. Seria totalmente justo fazer isso, se ninguém se machucasse, mas a questão não resolvida, é que as pessoas se machucam e sempre se machucarão. Criamos ícones, porque muitas vezes não somos o que criamos, daí o se projetar nos outros. Você deve estar se perguntando onde quero chegar? Quero chegar no malefício disso tudo. O antônimo de ícone é bode expiatório; sim, criamos ícones para levar as cargas que teríamos que carregar. Veja o caso de Jabez, como sua mãe projetou nele suas dores e tristezas, concernentes ao seu parto doloroso e a possíveis complicações que não conhecemos (I Cro. 4: 9, 10). Porquê não culpar o marido pelas dificuldades da gravidez? Porquê não tentar carregar sozinha os sofrimentos? A resposta é simples, nos tornamos em pessoas covardes após a saída do Éden. Capazes se culpar o inocente e salvar o culpado. Pais culpam seus filhos pelas dificuldades em seu casamento, mães culpam seus filhos por ter engordado e dado estrias. Pais culpam seus filhos por ter que trabalhar demais, e filhos culpam seus pais por ter nascido e dessa maneira ter que aprender a viver. Essa cadeia maldita atravessa a barreira do lar e atinge todas as camadas sociais, do emprego a política. Sempre estamos culpando alguém por alguma coisa, mas somos sempre inocentes! Daí nasce heresias do tipo reencarnação, se não há motivos nessa vida para nossas pequenas desgraças de cada dia, a culpa só pode estar em uma outra vida que vivemos outrora (Jo.9: 2). Até satanás hoje leva mais culpa do que levava antes. Coitado! Não contava que fossemos usar contra ele seu próprio veneno. Colocamos FARDOS sobre os outros, fardos que são nossos, mas não queremos carregar; de tristeza, de dor, de rejeição, de angustia, de feridas mal curadas, enfim, coisas que pesam e são desnecessárias; estamos sempre dispostos a culpar alguém pelos nossos fracassos pessoais (Mat.27: 25) Não estou dizendo que você deve carregar essas coisas que cataloguei, mas que você deve saber como se livrar delas, legitimamente (I Pe.5: 7). Jesus veio ao mundo para aliviar nossas cargas (Fil.4: 6). Ele é o despachante oficial de nossas bugigangas e labéus, se queremos nos livrar de coisas desse tipo, Cristo é a solução, o resto é efêmero. Como a mãe de Jabez, muitas vezes colocamos sobre os outros nossos JUGOS, damos um "jeitinho" de outros levarem nossas cargas, conosco em cima. Com um peso extra quem pode ser feliz? Carregando as tristezas dos outros, quem pode se realizar pessoalmente? Jabez significa "ele dá tristeza" ou "ele causará tristeza", quem pode se realizar com essa sina pré traçada? Jesus diz: Vinde a mim! Não importa o tamanho de suas cargas e o peso de sua canga, Cristo tira! Ele tem cargas leves para você, pois nascemos e morremos nu, para durante a vida termos liberdade para as cargas justas que todos nós devemos carregar, dadas por Deus. Seríamos mais felizes se tivéssemos o cuidado de não lançar sobre os outros o que nós mesmos não gostaríamos de carregar (Gal. 6: 7 e 17). Cuidado para não ser cavalo de ninguém, levando o que não te pertence (Mat.23: 4). O mal carpinteiro, culpa suas ferramentas pelo serviço mal feito*. Pais, filhos, patrões, empregados; não deixe as pessoas te culparem pelo que você não fez e por quem você é. Clame ao Senhor, como fez Jabez, invoque a Deus, faça uma aliança com Ele, e nunca mais Ele deixará você ser burro de carga de ninguém. Se as pessoas não são felizes é porque não tem coragem de lutar e acreditar, não há nenhuma lei que nos obrigue a tornar alguém feliz. Aquele que sabe fazer o bem e não faz, comete pecado, e isso também é um fardo. Não carregue isso, é desnecessário! (Mateus. 11: 28, 30. Leia).

É isso que tenho a dizer!

Ney Gomes - Verão de 2004.

Esse assunto é longo, pode render outros comentários.

* Ditado Inglês.

Postagens mais visitadas