PEQUENA NOTA SOBRE CONFIANÇA. 4/10


PEQUENA NOTA SOBRE ESCOLHAS E ESCOLHIDOS.


"Mas um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, que mais tarde iria traí-lo, fez uma objeção: "Por que este perfume não foi vendido, e o dinheiro dado aos pobres? Seriam trezentos denários". Ele não falou isso por se interessar pelos pobres, mas porque era ladrão; sendo responsável pela bolsa de dinheiro, costumava tirar o que nela era colocado".
                                                                                 
(João 12. 4- 6 – NVI, grifo meu).


      Existem muitos caminhos que nos levam a confiar plenamente em Deus. Alguns caminhos passam inevitavelmente pelas Escrituras enquanto outras centenas pela experiência pessoal. Na experiência pessoal as traições, abandonos, descasos e fraqueza nos
arrebatam ao sólido caráter de Deus. Faltar-me-ia tempo para falar de coisas como doenças, dores, mágoas e afins.
      Pelas Escrituras temos passagem segura e viagem tranquila e um desses caminhos nos é apontado pelo Evangelho de Marcos que diz:
"E Judas Iscariotes, que o traiu". Entre as inúmeras verdades que tratam do assunto "confie em Deus", esta à escolha de Judas, ascensão e posterior queda. É assim, para que nos seja revelado que não devemos confiar nos escolhidos, mas, sim No que escolhe. Saber em quem confiar no exercício da vida Cristã nunca foi opcional, nem fácil e talvez por isso existam os caminhos da experiência. Abertos para aqueles que resistem em seguir pelo caminho das Escrituras. Deus mesmo disse aos Apóstolos Pedro Tiago e João: "Este é meu Filho amado em quem me agrado. Ouçam-no!"
      Jesus escolheu Judas por sua plena confiança na crença de que o amor pode transformar as pessoas. E nessa atitude é que temos que confiar. Imitando-a.

Ney Gomes. (texto ampliado) Julho.





https://www.facebook.com/pages/Grãos-de-Entendimento/194812007236237?notif_t=page_new_likes Curte a minha página, do meu BLOG!

Postagens mais visitadas